expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Oncidium barbatum

Oncidium barbatum

Origem: Brasil.

Ambiente: Quente e seco durante o dia, com queda significativa e temperatura e aumento de umidade durante a noite.

Luminosidade: Meia-sombra. Pode ser cultivado sob árvores ou usando-se telado com proteção entre 50% e 70%.


    Foto: Maria do Carmo Silva


Características: É uma orquídea com hábitos epífitas, com pseudobulbos cônicos, achatados lateralmente, verde-amarelados, com 5 centímetros, encimados por duas folhas lanceoladas com cerca de 15 centímetros, verde-claras.

Tipo de substrato: Pode ser plantada diretamente em troncos de árvores, em toco de madeira, em cascas de árvores como a peroba ou em cachepôs de madeira com uma mistura de fibra de casca de coco e casca de peroba ou pinho.

Regas: Diárias.

Doenças e pragas: Sob condições normais é pouco acometida de doenças. A doença mais comum é causada por fungo, a "ferrugem". Corte a parte infectada, isole a planta e trate com fungicida específico recomendado por um agrônomo.
As pragas mais comuns são os pulgões, principalmente na fase de brotação. Combata manualmente ou usando detergente líquido diluído em água.



    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Adubação: Use adubo com macronutrientes equilibrados como o NPK 10-10-10, por exemplo, e com boa dosagem de micronutrientes, quinzenalmente Jamais exceda a dosagem recomendada pelo fabricante. Isso pode causar a morte de sua orquídea.

Floração: Ocorre no outono. Emite uma haste floral na base do pseudobulbo com até 20 centímetros de comprimento, portando até 20 flores, com pétalas e sépalas amarelo-amarronzadas, com labelo subdividido, amarelo ouro.

Status ecológico: Demanda cuidados, pois, corre perigo de ser extinta na natureza.

Abraço orquidófilo!

Nenhum comentário: