expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Jumellea sagittata

Jumellea sagittata

Origem: Madagascar.

Ambiente: Quente, úmido e bem arejado.


    Foto; Daniel Carvalho Gonçalves


Luminosidade: Meia-sombra. Pode ser cultivada sob árvores com boa copagem ou usando-se telado com proteção de 70%.

Características: É uma orquídea epífita, de crescimento monopodial, folhas lanceoladas, vincadas ao meio. alternas, verdes-brilhantes, raízes aéreas.

Tipo de substrato: Cachepôs de madeira com uma mistura de fibra de casca de coco com casca de pinho ou peroba. Importante é que não preencha totalmente os espaços, pois suas raízes são aéreas e não gostam de serem sufocadas.

Regas: Em dias frios, uma vez por dia; em dias quentes, duas vezes por dia.

Doenças e pragas: Raramente são atacadas por doenças ou pragas.



    Foto: Maria do Carmo Silva


Adubação: Use NPK 10-10-10 ou equivalente de 10 em 10 dias. pode-se fazer a adubação orgânica, colocando-se pequenos sacos de tecido envolvendo baixa quantidade de adubo dentro do cachepô, de forma que a adubação aconteça lentamente.

Floração: Ocorre no outono/inverno. Emite uma haste floral com única flor totalmente branca, com cerca de 3 centímetros de diâmetro.

Status ecológico: Sem risco de extinção.

Abraço orquidófilo!

Visite também nossos outros blogs:
wwwnaturezapura123.blogspot.com
wwwplantasquecuram.blogspot.com
wwwpoemasesentimentos.blogspot.com

E canais do you tube:
Daniel Carvalho Gonçalves
Farmácia natural: cura pelas plantas

Nenhum comentário: