expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Encyclia fowliei

Encyclia fowliei

Sinônimo botânico: Epidendrum fowliei.

Origem: Brasil, no estado da Bahia.


    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Ambiente: Quente, úmido e bem ventilado.

Luminosidade: Média. Pode ser cultivada sob árvores ou usando-se telado com proteção entre 50% e 70%.

Características: É uma orquídea epífita com pseudobulbos curtos, cerca de 4 centímetros, encimados por 2 folhas lanceoladas, coreáceas, verde-brilhante.

Tipo de substrato: Pode ser cultivada em tocos de madeira ou em cachepôs de madeira com casca de pinho ou de peroba.

Regas: Nos substratos supracitados pode-se regar uma vez por dia em dias frios e duas vezes por dia em dias quentes.

Doenças e pragas: É uma orquídea bem resistente a doenças, mas pode ser atacada por doenças fúngicas caso a umidade seja excedente ou o substrato não seja ideal, deixando-a muito tempo encharcada. Tomando-se os devidos cuidados quanto a isso terá uma orquídea saudável.
A praga mais comum são as cochonilhas que podem se alojar entre os pseudobulbos ou na junção das folhas com o pseudobulbo. Use inseticidas piretroides para controle das mesmas.



    Foto: Evandro Carlos Ferreira dos Santos


Adubação: Recomendamos sempre o uso de adubo com macronutrientes equilibrados (principalmente pra iniciantes) porque  a margem de erro é menor. Use NPK 20-20-20 ou próximo a isso, quinzenalmente.

Floração: Ocorre no outono/inverno. Emite uma haste floral no ápice do pseudobulbo, com cerca de 60 centímetros de comprimento, portando até 30 flores de 3 centímetros de diâmetro, com pétalas e sépalas amarelo-bronze com estrias púrpura, labelo claro com detalhes púrpura.

Status ecológico: Em risco de extinção na natureza.

Abraço orquidófilo!

Nenhum comentário: