expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Encyclia patens

Encyclia patens

Origem: Brasil, nas serras litorâneas, desde o Rio Grande do Sul até a Bahia.

Ambiente: Quente e seco durante o dia, com queda de temperatura e aumento de umidade à noite. Locais com boa ventilação.


    Foto: Daniel Carvalho Gonçalves


Luminosidade: Aprecia boa luminosidade. Pode ser cultivada sob telado com proteção entre 30% e 50%.

Características: É uma orquídea epífita com pseudobulbos alongados com cerca de 6 centímetros de altura, com duas folhas estreitas, coreáceas e quilha na parte central com 30 centímetros de comprimento, em média.

Tipo de substrato: Pode ser cultivada em tocos de madeira ou em cachepôs de madeira com casca de pinho ou peroba.

Regas: Diárias.

Doenças e pragas: É uma orquídea bem resistente a doenças, mas se for cultivada sob muita umidade ou em substrato que permaneça muito tempo encharcado, pode ser atacada por doenças fúngicas como a "podridão-negra". Nesse caso o melhor é podar a parte afetada e isolar a planta para que não contamine outras. Deve-se usar um fungicida específico recomendado por um agrônomo.
As pragas mais comuns são os pulgões e as cochonilhas que podem ser combatidas usando-se detergente líquido diluído em água. Em último caso, use inseticidas piretroides.



    Foto: Evandro Carlos Ferreira dos Santos


Adubação: Deve ser periódica. De 15 em 15 dias para manutenção e semanalmente na fase de brotação. Use NPK 20-20-20 ou outro adubo com macronutrientes equilibrados.

Floração: Floresce na primavera/verão. Emite uma haste floral no ápice do pseudobulbo, entre as folhas, com cerca de 50 centímetros de altura, portando até 30 flores de 3 centímetros de diâmetro com sépalas e pétalas esverdeadas e labelo trilobado, amarelado e reticulado de vermelho.

Status ecológico: Corre risco de extinção na natureza.

Abraço orquidófilo!

2 comentários:

Mirna Tonus disse...

Adorei o blog. Sou neófita na orquidofilia, sempre busco me informar. Hoje, abriram duas Encydia Patens, que eu não conhecia. Graças ao blog, descobri. Se depender de mim, não será extinta :) Gratidão.

Mirna Tonus disse...

Encyclia Patens, desculpe