expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Translate

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Cattleya Walkeriana

Endêmica dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Goiás, a Cattleya Walkeriana é uma das orquídeas que alcançam maior valor no mercado internacional. Valorizada principalmente pelos japoneses por ser uma planta pequena e de flores grandes.

                                                                                    Cattleya Walkeriana tipo
Hábitat: É uma planta epífita ( vive em árvores, embora não se alimente de sua seiva, servindo essas apenas de suporte para suas raízes ).

Ambiente: Gosta de lugares secos durante o dia e com boa umidade à noite. No cultivo em casa gosta de ser regada durante a parte da manhã ou à tarde, quase ao anoitecer. Gosta de substratos que permitam uma boa drenagem, uma vez que ficar encharcada pode comprometer a saúde de suas raízes.

Luminosidade: Meia-sombra, debaixo de árvores ou plantadas na própria árvore, e sob sombrite 50% .

Floração: Flores de aproximadamente 10 cm de diâmetro, que aparecem de maio até julho.
Tem uma grande variedade cromática, a saber:
Típo: é a cor tradicional, encontrada com maior frequência na natureza, lilás.
Alba: apresenta as sépalas, pétalas e labelo na cor branca uniforme.
Semi-alba: apresenta sépalas e pétalas brancas e labelo lilás ou rosa.
Coerulea (lê-se cerúlea) : suas sépalas, pétalas e labelo apresentam um tom azulado ou lilás tendendo para o azul.
Vinácea: Suas sépalas, pétalas e labelo apresentam-se do lilás tendendo para o vinho ou apenas vinho.
Suave: apresenta se com um rosa muito claro, quase apagado.


                                                                                Cattleya Walkeriana suave

Adubação: Pode-se usar NPK 20-20-20 para manutenção e 8-40-10 para a fase anterior á floração.


                                                                              Cattleya Walkeriana coerulea

É uma espécie que exige poucos cuidados.
Pelo seu alto valor de mercado, está sendo dizimada dos cerrados.
É preciso conscientização urgente de que precisa ser preservada.
Bom cultivo e boas flores.
Abraço!



Nenhum comentário: